quinta-feira, junho 25, 2009

Gente é gente mesmo que não seja como a gente.

Costumo dizer que gosto de gente.
Pode ser gente de todos os tipos.
Gente branca, gente negra,
só precisa ser gente.
Tento sempre entender gente,
mas não posso negar que gente
é bem complicada quando parece
não saber o que é ser gente.
Gente tem que ser
Gente tem que querer
Gente tem que doar
Gente tem que aceitar
Gente tem que deixar pra lá
Gente tem que saber
Gente tem que entender
Gente tem que precisar
Para ser gente tem que
esquecer o que dizem sobre gente
tem que se sentir gente.

Uma música para ilustrar

Gente
Caetano Veloso
Composição: Indisponível

Gente olha pro céu
Gente quer saber o um
Gente é o lugar
De se perguntar o um
Das estrelas se perguntarem se tantas são
Cada, estrela se espanta à própria explosão
Gente é muito bom
Gente deve ser o bom
Tem de se cuidar
De se respeitar o bom
Está certo dizer que estrelas
Estão no olhar
De alguém que o amor te elegeu
Pra amar
Marina, Bethânia, Dolores,
Renata, Leilinha,
Suzana, Dedé
Gente viva, brilhando estrelas
Na noite
Gente quer comer
Gente que ser feliz
Gente quer respirar ar pelo nariz
Não, meu nego, não traia nunca
Essa força não
Essa força que mora em seu

Coração
Gente lavando roupa
Amassando pão
Gente pobre arrancando a vida
Com a mão
No coração da mata gente quer
Prosseguir
Quer durar, quer crescer,
Gente quer luzir
Rodrigo, Roberto, Caetano,
Moreno, Francisco,
Gilberto, João
Gente é pra brilhar,
Não pra morrer de fome
Gente deste planeta do céu
De anil
Gente, não entendo gente nada
Nos viu
Gente espelho de estrelas,
Reflexo do esplendor
Se as estrelas são tantas,
Só mesmo o amor
Maurício, Lucila, Gildásio,
Ivonete, Agripino,
Gracinha, Zezé
Gente espelho da vida,
Doce mistério



Tenho andado meio perdida em como agir e pensar sobre algumas "gentes". Nossa, é tão difícil acreditar que com tanta informação, tantas formas de formação, ainda haja no século XXI pessoas tão presas a conceitos, julgamentos, críticas, condenando ainda à marginalidade os que não professam mesma fé, não seguem as mesmas tendências, não vibram pelas mesmas coisas, ou seja, ainda estamos vivendo em blocos, ainda estamos, como dizia minha mãe, "Puxando brasa para nossa sardinha."
Tento ser como dizia a música dos Tribalistas "Eu sou de todo mundo e todo mundo me quer bem" Claro que minha interpretação para a frase é a que se a gente que tenho ao meu redor é diferente de mim, mas tem muito de gente em si, quero essa gente para mim.
Grande abraço e um maravilhoso fim de semana.

10 comentários:

Denis Barbosa Cacique disse...

Tdo belezinha?
Então... progresso científico e tecnológico não tem nada a ver com progresso moral, não é?
É o que eu acho.
As bombas atômicas, por exemplo, são um baita feito da ciência. Mas só servem para o mau.
Meu eclado está uma porcaria. Meperdoe se faltarem umas letras ou espaços!
Enfim... o que quero dizer é que não acredito (mais) na possibilidade de um dia nos ornarmos gente melhor, como se fossemos de todo mundoe vice versa!
É um sonho bonito, mas ainda assim, sonho!
Gde abaço!
Denis

Antonio disse...

Oi,moça : eu gosto muito dessa música do Caetano,acho muito legal o arranjo e a letra..com relação so seu texto(muito legal),eu tenho o defeito de querer agradar todo mundo..é um péssimo comportamento,que não indico a ninguém..te deixo um beijo e te desejo um ótimo fim de semana

Faça a Diferença !!! disse...

Acima de tudo tem que ser Gente que tenha boas ações.


Gente que Faça a Diferença!

EXAGERADO disse...

Oi,linda

Então...se fosse diferente não estaríamos neste planeta de provas e espiações.Viver e ter que aguentar certos tipos de gente é aprendizado,querida.(nem pareço o Exagerado,hein..kkkk)
Saudades de ti!
Beijos

BANDEIRAS disse...

Pois é garota,
Tbm gosto muito de GENTE.
A gente gosta de certas gentes que parece não ser gente, mas prá gente, parece ser gente.

Entendeu ? GENTE !!!!rsrsrsrsr

Bjs e obrigada pela visita.

Claudio Junior disse...

Olá minha amiga... Quanto tempo, né ?
Com vão as coisas?
Acho que no mundo anda faltando fraternidade. Em todos os níveis.
Adoro esta música do Caê.
Bjs e uma ótima semana. Saudades...

Bonequinha de Luxo disse...

Oi,querida Vanna

Eu tb adoro Gente e tb tenho dito cá minhas decepções...mas,creio que é próprio do Ser Humano,não é mesmo?
Tb gosto desta música do Caetano!

bjo

paula barros disse...

Quando leio assim tenho a tendência a ir colocando a carapuça, muitas vezes gostaria de ser gente mais gente...é um processo lento, cada um com sua história de vida, com preconceitos, recalques, sofrimentos, mágoas, dores...e nem todo mundo consegue se resolver nessa vida.

beijos

Vênus disse...

Oi,Vaninha

Também gosto de gente...mas,hás de convir que existe cada espécie de gente,que eu trocaria por um cachorro..rs
Adoro Caetano!!!E esta música é linda!

Beijocas

Márcia(clarinha) disse...

meu desejo de boa semana cheia de gente querida...

beijos Vanninha