segunda-feira, novembro 23, 2009

O que era, um dia será?

Um dia de sol brilhante e quente um dia já foi sinal de dia bom.
Um dia de sol véspera de verão era sempre sinal de liberdade de corpo e alma.
Quando os dias tornaram-se noites?
Quando o sol perdeu seu brilho?
Quando nem a lua cheia trouxe encanto?
Quando os sonhos enraram no baú?
Será que no ajuntamento dos cacos de cada queda foram sempre ficando espaços vazios e hoje eles são tudo?


Sempre tive medo de fechar os olhos e não saber mais abri-los.
Sempre tive medo de não falar e depois nunca mais saber o que dizer.
Sempre tive medo de parar e nunca mais poder seguir.
Meus olhos temem não se manter abertos.
Minha voz já não sabe muito o que dizer.
Meus passos trôpegos erram a direção e não chegam a lugar nenhum.
Sempre tive medo de não mais amar e o amor que em mim dava sentido a vida já não ama, já não espera, já não sabe.
Filhos, trabalho, amigos, dinheiro, tudo é nada se nos perdemos em nós.

O que dizem sobre o mundo não parar enquanto você junta os cacos, enquanto você não estiver pronta para seguir é verdade.
Nada nem ninguém te impede de ficar onde está.
Nada nem ninguém te impede de não querer seguir.
Todos estão indo?
Alguém vai ficar?
As dores são iguais?
E as curas?
A tristeza é uma loucura?
Ou é a loucura uma grande alegria?
Não sou louca.
Não sou triste.
Não sou alegre.
O que então sou eu? Um grande engano?

Queridos amigos, ainda estou com dificuldades para visitá-los, mas acredito que mesmo sem o computar chefe, conseguirei fazer isso ao longo da semana. Grande abraço, saudades. Que seja de paz e bem nosso próximos dias.

6 comentários:

Luma Rosa disse...

O medo nos amortece e não deixa que a vida flua normalmente.

Não há engano! Apenas um 'desviar' de pensamentos (rs*)

Beijus,

Antonio disse...

Querida: você não é um engano e o que chamamos medo é um modo de fortalecer o espírito e a vontade, pois as forças que parecem malignas, na verdade, são o espelho..mesmo ausente neste blog, você está presente, nos teus textos e no coração..beijos

EXAGERADO disse...

Oi,linda

Que coisa mais linda!Vc tornou-se uma grande poetisa,hein....adorei!
Saudades de ti!
Bom finds

Vanna disse...

Queridos amigos, ainda estou sem internet.
Grande bj e maravilhoso fim d semana.

Luma Rosa disse...

Vanna, feliz natal!! Feliz ano novo!! Beijus,

Antonio disse...

Quando você puder acessar o blog quero que receba os meus votos de um excelente ano novo,sem medos e com força e luz...beijos