quinta-feira, novembro 27, 2008

Não critiques, busque antes entender.

Amigos, passei na prova que fiz no domingo, a prova d títulos será no dia 12/12 e depois disso ficarei sabendo da minha classificação. Mas o que ainda não perdi as esperanças é de que o governador cumpra com sua palavra de chamar todos os da lista de espera do concurso de 2004. Bom, seja como for mais cedo ou mais tarde conquistarei minha segunda matrícula e estou na eminência de conseguir um contrato de um ano com a FAETEC e assim trabalhar igual a um burro de carga para o dinheiro não faltar para dar a minha mãe o melhor possível já que com o momento delicado pelo qual estamos passando as despesas aumentaram.
Queridos, nunca pensei que fosse tão difícil essa situação. Não somente pelo seu estado, mas por tudo que muda na nossa vida.
As relações tornam-se mais tensas pois o egoísmo de cada um aflora e lidar com este sentimento que para mim é uma dificuldade torna tudo quase insportável.
Talvez eu seja mal interpretada com o que direi, mas quase mandei um colega de trabalho a merda quando ele me criticou por reclamar da situação. Ele disse que daria tudo para poder estar no meu lugar já que a mãe dele já morreu. Olha, pode até ser que ele sinta falta da mãe, mas dizer que preferiria ela na situação da minha, não acredito porque é fácil falar quando não se está com a mão na massa. Além do mais, para o homem, ou ele vai deixar o trabalho sujo e pesado para as irmãs ou vai contar com a ajuda da esposa se esta for uma boa nora e tiver uma relação boa com a mãe dele. E tem mais, reclamo sim porque sinto falta da minha vida, da minha paz, da minha serenidade. Peço a Deus que me dê paciência e tolerância, mas o que preciso mesmo é de dinheiro para pagar alguém para fazer o trabalho pesado e eu ficar só administrando pois é isso ajuda.
Não quero abandoná-la, mas quero minha vida de volta já que seu quadro não é provisório e não me imagino nessa situação daqui a vinte anos já que ela é nova e tem muita vida pela frente. Espero em Deus conciliar tudo: vida profissional, familiar, social e por que não sexual. rsrs
Mais uma vez agradeço a todos pelo carinho e atenção e esta semana assim que terminar com as correções atrasadas de testes e provas para fechamento de bimestre, o último, irei visitá-los e assim que vierem as férias, voltarei com posts diversos pois o show não pode parar, a vida tem que continuar.
Grande beijo e um fim de semana de tudo de bom para todos nós.

10 comentários:

Antonio disse...

Querida Vanna : Gosto da tua transparência,do fato de vc não ser hipócrita e dizer o que todos gostariam de ouvir..somos humanos,é normal esse desabafato e não significa falta de amor..dizem que temos que equilibrar o que damos e o que recebemos,e nos darmos o direito de vivermos nossa vida,sem parecemos egoístas..isso é dificil,eu sei..te desejo tudo de bom..bjs

paula barros disse...

Vanna
Compreendo o seu desabafo. Ser cuidador não é fácil. Imagine ser cuidador e filha, já disse isso aqui uma vez. Tem gente que não tem essa comprrensão. E quem nos julga muitas vezes, é uma forma de aliviar a propria culpa.

tudo de bom, boas férias, cuide-se também, é preciso nesses momentos.

abraços

BRUNO LEONARDO disse...

Oi,Vanninha
Eu posso imaginar...e creio que "peru de fora não pia",que quer dizer que só quem está passando é que sabe o seu limite...
Neste momento vc precisa é de apoio!De gente que chegue junto,ajudando a cuidar e dizer palavras de alento.

Cuide-se .Tenho certeza que sua vida vai voltar ao normal!Saúde para todos!

beijos

Lê... disse...

Oi Vanna!
Entendo bem esse seu desabafo...isso sem falar na nossa dor por ver alguém que amamos numa situação triste e irreversivel!Mas,como mulher,e pelo'quase nada',rs, que conheço,ja percebo ser de fibra,tenho certeza que encontrará a melhor saída pra vc sem com isso precisar magoar alguém, e principalmente vc, ou descuidar de sua mãe!Força pra ti e, creia,tudo se acerta...

Um bom fim de semana pra vc,em paz!

beijão.

BANDEIRAS disse...

Olá Vania,
Minha querida, como entendo o que vc está passando...aqui em casa vivo este problema, não com minha mãe, graças á Deus, mas com outra pessoa. É muito difícil, só quem passa por isso é que pode falar alguma coisa. Ninguem tem competência para criticar.
Apoio vc em tudo e muito mais.

Grande beijo e boa sorte nessa tua jornada.

Liz / Falando de tudo! disse...

minha inda, sua situaçao é realmente muitooo dificil! e nao adianta eu dizer pra que tenhas fé, pois acredito que isto do tens de sobra! tenha paciencia e nao perca as esperanças e continuar lutando!

Paula disse...

Oi Vanna. Que bom que você passou concurso, agora é torcer para que tudo aquilo que deseja dê certo. Quanto ao seu desabafo, acredito que tenhamos sempre que fazer algo assim, não é? É perfeitamente compreensível na minha opinião!

beijos e boa semana

SAM disse...

Não encontrei outra forma de lhe agradecer, senão deixar aqui um comentário, mencionando que já coloquei este blog na nossa lista.
Obrigado!

Lilian Devlin disse...

Oi Vanna!
Eu andava sumida, mas fim de ano prá mim é ford!
E por isso só hoje que fiquei sabendo que vc passou na prova! ueba! parabéns! E a nova etapa vai ser concluída com êxito, tenho certeza!
E faça isso mesmo, desabafe, porque assim não pesa muito o seu coração e tem mais espaço e força para o que vier pela frente, tá?
Beijão querida!

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,