segunda-feira, junho 19, 2006

Onde estão os que ainda lutam?

Bom dia queridos amigos.
Gosto muito de receber de vocês consolo para minhas aflições. Obrigada de coração pelas palavras.
Grande beijo pra todos e um ótimo dia.
Li este texto e senti que ele retrata meus sentimentos diante do que se tornou a vida e as pessoas depois que parece não termos mais nada pelo que lutar.

Aos que vierem depois de nós
Bertolt Brecht (Tradução de Manuel Bandeira)

Realmente, vivemos muito sombrios!A inocência é loucura. Uma fronte sem rugas denota insensibilidade.
Aquele que ri ainda não recebeu a terrível notíciaque está para chegar.
Que tempos são estes, em que é quase um delito falar de coisas inocentes. Pois implica silenciar tantos horrores!
Esse que cruza tranqüilamente a rua não poderá jamais ser encontrado pelos amigos que precisam de ajuda?
É certo: ganho o meu pão ainda, Mas acreditai-me: é pura casualidade. Nada do que faço justificaque eu possa comer até fartar-me.
Por enquanto as coisas me correm bem[(se a sorte me abandonar estou perdido).
E dizem-me: "Bebe, come! Alegra-te, pois tens o quê!"Mas como posso comer e beber, se ao faminto arrebato o que como, se o copo de água falta ao sedento?E todavia continuo comendo e bebendo.
Também gostaria de ser um sábio.Os livros antigos nos falam da sabedoria:é quedar-se afastado das lutas do mundo e, sem temores, deixar correr o breve tempo.
Mas evitar a violência, retribuir o mal com o bem, não satisfazer os desejos, antes esquecê-los é o que chamam sabedoria. E eu não posso fazê-lo.
Realmente,vivemos tempos sombrios. Para as cidades vim em tempos de desordem, quando reinava a fome. Misturei-me aos homens em tempos turbulentose indignei-me com eles.
Assim passou o tempo que me foi concedido na terra.
Comi o meu pão em meio às batalhas. Deitei-me para dormir entre os assassinos. Do amor me ocupei descuidadamente e não tive paciência com a Natureza.
Assim passou o tempoque me foi concedido na terra. No meu tempo as ruas conduziam aos atoleiros. A palavra traiu-me ante o verdugo. Era muito pouco o que eu podia.
Mas os governantes Se sentiam, sem mim, mais seguros, — espero. Assim passou o tempo que me foi concedido na terra.
As forças eram escassas. E a meta achava-se muito distante. Pude divisá-la claramente, ainda quando parecia, para mim, inatingível.
Assim passou o tempo que me foi concedido na terra.
Vós, que surgireis da maré em que perecemos, lembrai-vos também ,quando falardes das nossas fraquezas, lembrai-vos dos tempos sombrios de que pudestes escapar.
Íamos, com efeito, mudando mais freqüentemente de paísdo que de sapatos, através das lutas de classes, desesperados, quando havia só injustiça e nenhuma indignação.
E, contudo, sabemos que também o ódio contra a baixeza endurece a voz. Ah, os que quisemos preparar terreno para a bondade não pudemos ser bons.
Vós, porém, quando chegar o momento em que o homem seja bom para o homem, lembrai-vos de nós com indulgência.

10 comentários:

Nathali disse...

Esta noite morri muitas vezes, à espera de um sonho que viesse de repente e às escuras dançasse com a minha alma, enquanto fosses tu a conduzir o seu ritmo assombrado nas trevas do corpo, toda a espiral das horas que se erguessem no poço dos sentidos.
Quem és tu, promessa imaginária que me ensina a decifrar as intenções do vento, a música da chuva nas janelas sob o frio de fevereiro?



*um beijo minha querida amiga*..

Lenny disse...

Texto 10!!!!!!
Sábias palavras!
Brecht escrevia muito bem tenho muitas anotações de frases maravilhosas dele.
Entre tantas uma das q mais gosto é"Fôssemos infinitos tudo mudaria como somos finitos muito permanece"!
Beijuxxxx
boa semana Vanna!

Claudio disse...

Concordo. Bertolt Brecht é nota 10. Traduzido por Manuel Bandeira então...
Nada mais há para ser dito, apenas obrigado por tão bonito texto!
Bjs e um ótimo dia

Fatima Gama disse...

Uma fronte sem rugas denota insensibilidade. Muito legal, gostei do texto! Sábias palavras. Beijos

Márcia(clarinha) disse...

Esse foi dia de Bertold iluminando nossos momentos, perfeito!!
Vanninha querida,tudo bem por aí?
Lindo dia,
beijosssssssss

Márcia(clarinha) disse...

Dia com dor é ruim querida, prefiro que venham as cores para alegrar o seu dia,
beijossssssssssss

pattyalves disse...

Um texto pra refletir...
Vanna
Fica bem!
Um beijo e bom dia

Anônimo disse...

Confesso que não li o texto ... é meio grande e deu preguiça ... risos . Só quero reforçar que quando precisar pode ligar que estamos aqui de braços abertos ...
Beijinhos ,
Bel .

mari disse...

Oi,lindinha
Texto de quem está realmente preocupada com algo mais....texto que tem mesmo a sua carinha...sabeamiga,às vezes me sinto assim também..creio que faz parte dos mais sensíveis...como vc!
Bjs


*Saudades das suas "bubiças" lá no Orkut!

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,